>Por que "Desconfiar com Filosofia"?

>Bem, era pra ser “Desconfiômetro”, ou Desconfiometron“…mas alguém teve a ideia antes! O fato é que eu costumo dizer às pessoas, aos meus alunos: “-Liguem o desconfiômetro!” E penso que devemos mesmo estar ligados ao que rola ao nosso redor, pra que não nos enrolem.

Sabe como é: como já zombava Descartes, todo mundo se acha tão esperto (ou quase todo mundo) que acredita nem precisar de mais “esperteza”.O Problema começa aí – é pura e simples esperteza, não necessariamente uma inteligência privilegiada. Aí vão me perguntar: Pô cara, mas isso existe mesmo ou é simples engano subjetivo e narcisista? Eu acredito que exista sim. Mas nem tanto quanto pensamos…

O que proponho não é nada revolucionário – é apenas que fiquemos espertos e abramos as cabeças, que não sejamos tão otários e babacas com o que querem nos enfiar goela a dentro… no bom sentido (existe?). Vejo vocês por aqui e por aí.

Vando

Advertisements

About desconfiosofia

Eu ando por aí, entre as coisas, entre as pessoas, desconfiando... Como sempre vêm primeiro a nós as aparências, é preciso apurar a vista pra distinguir o falso, o engodo, a sofisticação (sofismas, na verdade). Não é o caso que eu desconfie "das pessoas", mas do que elas, às vezes eu mesmo, e o mundo em geral, tendem a apresentar e creditar como sendo "a realidade"... É assim que eu ando por aí, entre as coisas, através de mim, e entre as pessoas...
This entry was posted in Por que "Desconfiar com Filosofia"?. Bookmark the permalink.

5 Responses to >Por que "Desconfiar com Filosofia"?

  1. kyon.sama says:

    >"(…) com o que querem nos enfiar goela a dentro… no bom sentido (…)"Qual seria o mal sentido?

  2. Vando says:

    >Ora, ora… Você deve querer que eu lhe diga mesmo, não? Bem, não tem mau sentido, Kyon, pois você não o viu. Não vou poluir sua visão. Obrigado, e volte!

  3. kyon.sama says:

    >Vando, você é um velho tarado!

  4. Vando says:

    >Velho não, tenho 32. Tarado? Acho que também não, não é o caso mesmo! Não mostrei tara alguma no texto… Sou um homem santo, diga-se ainda. Respeite-me!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s